topo

Farinha e leite de coco caseiro + dica de como abrir um coco seco

Fazer leite de coco em casa além de ser muito mais gostoso e barato, é mais saudável pois não leva nenhum conservante ou coisas do tipo!

Coco seco você encontra hoje em dia com muita facilidade em supermercados e sacolões. Ao escolher um coco seco, pegue um que tenha água dentro (chacoalhe para saber se tem água) e veja se não tem mofo, pois como é algo seco, pode ser que tenha mofo aparente. As vezes a gente não dá sorte, mesmo seguindo essas dicas pois dentro pode haver mofo que a gente não consegue ver. Para saber mesmo se o coco está bom, só colocando ele no forno para rachar. Caso o coco não rache, mesmo depois de mais de 20 minutos no forno, nem se dê ao trabalho de abrir, ele não está bom, então, jogue fora. 

Abaixo segue dicas e vídeo de como abrir coco seco e de como fazer o leite a farinha de coco + dicas de como armazenar!

✔️Para abrir o coco:

O coco possui 3 furinhos em uma de suas extremidades, sendo que um deles é bem mais macio. Basta furar essa cavidade (com algo pontiagudo como um saca rolhas ou faca afiada, mas cuidado se for usar uma faca) e retirar a água do coco (despreze a água). Eu utilizo um abridor de coco e recomendo que vocês adquiram um se gostam muito de consumir coco. O abridor serve para tanto o coco verde quanto o seco, vende em lojas de coisas para casa e cozinha e custa bem baratinho (entre R$10 a R$15).

Leve o coco ao forno por uns 15 minutos até que ele rache. Desta forma fica muito mais fácil retirar a carne do coco de dentro dele. A casca do coco vai rachar e depois, com ajuda de uma faca sem ponta e um pano, retire toda a carne do coco.

Segue abaixo um vídeo onde ensino todo esse passo a passo de abertura do coco + dicas de armazenamento da carne do coco.

✔️Para o leite de coco:

Eu gosto de bater a carne de 1 coco com 2 xícaras e meia (mais ou menos 600ml) de água morna no liquidificador (pois eu gosto de um leite mais concentrado. Se você gostar dele mais suave, adicione mais água). Além disso, se você quiser um leite mais branquinho, eu recomendo descascar a carne do coco e remover aquela parte marrom. Dá mais trabalho mas ele fica bem branquinho. Eu não ligo e bato tudo junto mesmo. Fica a seu critério. 

Coe o leite com um voil ou um pano de prato limpo (dá certo também com um coador de café grande).

Armazene o leite em uma jarra (de preferência de vidro) bem fechada por até 3 dias na geladeira ou 3 meses no congelador. Use para fazer vitamina, achocolatado (com cacau em pó), receitas, mingau, etc.

É importante dizer que o leite sedimenta e fica dividido em duas partes, uma mais grossa e branquinha em cima e uma mais leitosa e rala em baixo. Isso acontece porque a gordura do leite sobe e o que fica em baixo é um leite mais ralo. Uma dica, é que dá para pegar com uma colher a parte de cima, mais grossa e branca, e bater na batedeira com um açúcar ou adoçante de sua preferência e vira um delicioso chantili de coco vegano! Se quiser um leite mais “magro” com menos gordura, retire a parte branca que fica em cima e consuma a parte leitosa de baixo ou misture o leite todo antes de consumir. 

✔️Para a farinha de coco:

Com o resíduo do coco, faça farinha e use em receitas, com frutas, em panquecas, muffins, etc.

Leve o resíduo do coco ao forno baixo até secar, mexendo de vez em quando. Fique de olho para não queimar. Também dá para fazer na frigideira mexendo sempre para não queimar. Guarde em um pote bem fechado por até 1 mês. 

Para saber mais sobre o passo a passo de como fazer o leite e a farinha, veja o ídeo abaixo:

Hanna Vita

Deixe um comentário