topo

Você já ouviu falar no xylitol?

Ele é um adoçante obtido de fontes naturais. Ele substitui o uso do açúcar apresentando o mesmo poder adoçante porém com menos calorias. Ele possui cor branca e cristalina e não tem cheiro. Seu sabor é bem próximo do açúcar, não deixando sabor residual.

Além de possuir poucas calorias, ele possui baixo índice glicêmico (já falei sobre isso aqui) e não estimula pico de insulina, podendo ser usado para todas as pessoas, inclusive diabéticos (mas sempre verifique com seu médico se pode consumir).

Não provoca cáries, pelo contrário, funciona como um preventivo de cáries (sendo utilizado em gomas de mascar, pastas de dente, produtos dietéticos e sprays) pois não fermenta (igual o açúcar comum). Segundo alguns estudos, ele possui efeito antifúngico e antibacteriano, contribuindo para a regularização do equilíbrio da flora bacteriana.

Ele auxilia no processo de emagrecimento por conter menos calorias que o açúcar, mas em comparação com outros adoçantes, apresenta maior quantidade de calorias, então, atenção à quantidade utilizada.

Pode ser encontrado facilmente hoje em dia em supermercados, lojas de produtos naturais e mercadões (no estilo mercado central). Hoje já temos uma grande variedade de marcas porém o preço é bem mais elevado do que outros adoçante. 

 

Pontos negativos:
➖É mais caro e mais difícil de achar.
➖Não dissolve tão bem em líquidos igual outros adoçantes.
➖Não cristaliza (dando crocância) e não carameliza.
➖Não é muito apropriado para a produção de pães, pois por ser um inibidor de fungos e bactérias, ele anula o efeito do fermento biológico (que é o que faz a massa crescer).

ATENÇÃO: O uso deve ser de no máximo de 15 mg por quilo corporal ao dia pois pode possuir efeito laxante em grande quantidade.

Para saber o que é o mais adequado para você, consulte um profissional da área!

Hanna Vita

Deixe um comentário